Hidroquinona – Cuidado, Leia antes de Comprar e Usar

Atualmente vemos dezenas de produtos em farmácias prometendo a tão sonhada pele livre de qualquer mancha. Muito vendidos aqui no Brasil, os cremes de clareamento de pele prometem acabar com manchas rapidamente. E hoje vamos nos concentrar em falar sobre a hidroquinona, um poderoso clareador de manchas.

Mas será que esse clareador é realmente bom para nossa pele? Antes de descobrir vamos conhecer um pouco mais sobre a hidroquinona.

Hidroquinona para que serve

A hidroquinona é um clareador de pele usado em muitos cremes de branqueamento e tratamentos de desvanecimento de marca escura. Ela reduz a produção de melanina em sua pele, por isso é ótimo para acabar com a hiperpigmentação, marcas de acne , manchas solares, melasma e outros problemas de descoloração da pele.

Preço e onde comprar

O creme pode ser encontrada em farmácias de manipulação, mas também já existe o creme de hidroquinona, e seu valor médio gira em torno de 20 reais, podendo variar dependendo do tamanho do creme.

Leia Também  Cigarro de palha faz mal? Tem Nicotina? Cigarro de Palha vs. De Filtro

Porque Hidroquinona é ruim

Sem dúvida, esse creme é muito eficaz para tratar problemas de hiperpigmentação. No entanto, sua segurança também é altamente questionável.

A razão pela qual ela tem uma reputação tão ruim é porque estudos mostraram que a hidroquinona tem alguns efeitos cancerígenos quando aplicado à pele. É considerado citotóxico (tóxico para células) e mutagênico. Estudos também mostraram que o uso a longo prazo pode causar ocronose exógena , que é quando sua pele se torna uma cor azulada e preta. A hidroquinona não só inibe a produção de melanina para ajudar a aliviar a pele, mas o uso prolongado pode realmente danificar suas células.

Efeitos Colaterais

  • Aumento da exposição à radiação UV
  • Sensibilidade à luz solar
  • Aumento dos riscos de ficar hiperpigmentação
  • Dermatite de contato e irritação da pele
  • Pele grossa, coriácea e acidentada

Como ela diminui os pigmentos de melanina em sua pele, sua pele se torna mais sensível ao sol. Isso aumenta a exposição a UVA e UVB, o que, por sua vez, aumenta o risco de obter mais hiperpigmentação futura, especialmente se você não usar um protetor solar forte o dia todo. A hidroquinona também se torna tóxica quando exposta à luz solar, portanto, se for usada, ela só deve ser usada como um tratamento local (não em todo o rosto) durante a noite.

Leia Também  Somatrodol - Cuidado!!! Funciona Mesmo ou é Golpe???

Além da ocronose exógena e da sensibilidade ao sol, também se sabe que o uso de hidroquinona a longo prazo faz com que a pele fique grossa, coriácea e acidentada. Os efeitos colaterais a curto prazo  incluem vermelhidão, irritação e dermatite de contato.

Devido a esses riscos associados, ela foi banida em muitos países da Europa e da Ásia. Nos EUA, 2% de produtos de hidroquinona ainda podem ser encontrados em balcão, mas os produtos de hidroquinona a 4% (que geralmente são de força máxima) estão disponíveis apenas com receita médica.

Motivos para não usar – Vídeo

Curta e compartilhe

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!