“O pior ainda está por vir” acaba de avisar a Organização Mundial da Saúde

O coronavírus pertence a família de vírus que causam infecções respiratórias, a primeira vez que está doença surgiu foi em 1937  porém, em 1965 o vírus recebeu o nome de coronavírus isso porque seu perfil na microscópio lembrava bastante uma coroa. No entanto, já fazia décadas que não ouviam -se tantos casos de coronavírus mas, exatamente no dia 31/12/19 começaram a ser registrados novos casos na China hoje, são mais de 10 milhões de casos foram registrados no mundo todo desde o surgimento da doença na China.

Aqui no Brasil os números só vem aumentando são 1.370.488 casos confirmados deste número 733.848 recuperaram e 58.385  pessoas vieram a óbito o que é muito triste por este, motivo é indispensável continuar mantendo todos os cuidados como lavar as mãos, usar máscara, evitar aglomeração, fazer a higienização correta dos alimentos esses cuidados básicos não só evita que você pegue a doença mas, também que você não passe a doença para outra pessoa.

Infelizmente não se sabe ao certo um tratamento totalmente eficaz seja, vacina ou remédio mas, existem milhares de laboratórios no mundo todo trabalhando para criar uma vacina que seja segura enquanto, todos esperam pela vacina que deixará todos imunizados contra o Covid-19, o diretor da OMS Tedros Adhananom Ghebreyesus trouxe uma informação recentemente que deixou todos ainda mais preocupados:

”O pior ainda está por vir”

Isso porque os casos estão crescendo muito rápido nas Américas, principalmente nos Estados Unidos e Brasil. Segundo Tedros todos estamos querendo voltar a vida ao normal mas, a realidade é dolorosa não estamos nem perto disso tudo terminar  mesmo, que muitos países já estarem com uma taxa mínima de casos, em outros países a pandemia está acelerando a cada dia. Tedros finalizou a coletiva com um apelo ” O conselho que damos é que os governantes sigam os exemplos de Alemanha, Coreia do Sul e Japão, que mantiveram seus surtos sob controle que incluíam testes, confinamento e restrições de entrada na Alemanha Cidadãos alemães e seus cônjuges, está autorizada a entrada no porém, eles devem passar por uma quarentena obrigatória de 14 dias.

Curta e compartilhe
error: Content is protected !!