Qual a Taxa de glicose Normal no Sangue

Manter os níveis de glicose no sangue normais é fundamental para não desenvolver a doença conhecida como diabetes, vai fazer um exame de sangue e não conhece os valores de referência, descubra aqui os valores e mantenha sua taxa de glicose normal.

A diabetes ocorre no organismo quando o corpo não consegue produzir quantidades suficientes de insulina para utilizar a glicose adequadamente, essa doença na grande maioria dos casos é assintomática, ou seja não aparece sintomas relevantes fazendo assim com que seja tratada tarde demais, por isso é bom sempre fazer um exame para saber se os níveis de glicose estão em seu estado normal.

Glicose normal

Quais são os Valores Normais de Glicose no Sangue

Para determinar qual o nível de glicose que seu sangue apresenta, exames de sangue podem ser solicitados pelo médico, os valores são medidos em mg / dL (miligramas por decilitro de sangue), e sempre é feito em jejum já que qualquer tipo de alimentação pode interferir em sua quantidade, é recomendável também que não seja feito esforço físico no jejum o que também pode alterar o nível de glicose.

Vai fazer um exame de sangue para saber se seu nível de glicose está dentro dos  parâmetros, confira agora os valores de referência e compare com os resultados de seu exame de sangue.

Glicose normal em jejum

Geralmente o exame de sangue é feito de manhã e um  jejum de 8 horas é necessário para chegar aos valores corretos, nesse período não pode haver ingestão de qualquer alimento ou líquidos, exceto água.

 70 e 99 mg / dL – Esse é o valor considerado para uma glicose normal, se seu exame de sangue ficou entre esses valores fique tranquilo porquê não tem diabetes.

Qual a taxa normal de glicose apos refeições

São vários os fatores que podem alterar o resultado da glicose, durante o dia e a noite ela pode subir ou descer dependendo do esforço físico que foi feito ou mesmo da alimentação que foi ingerida.

140 mg / dL – Esse é o valor máximo que sua glicose pode chegar caso tenha acabado de se alimentar, valores acima disso como 150 a 200 já pode ser considerado com pré diabetes ou diabetes tipo 2.

Glicose 150 é normal?

Apesar de não ser o padrão pode até ser considerada normal após a alimentação caso ela tenha tido muito açúcar, agora se se esse valor foi obtido após um jejum de 8 horas é recomendável procurar um médico ja que fica muito além do máximo de 99 que é o padrão.

Diagnóstico de diabetes

São três tipos de testes que seu médico pode utilizar para determinar se você tem pré-diabetes:

  • – O teste de A1C
  • – O teste de glicose em jejum (FPG)
  • – O teste de tolerância oral à glicose (TOTG).

Após consultas com médicos, a diabetes pode ser identificada caso surjam qualquer um dos seguintes fatores.

  • Quando os níveis de glicose forem iguais ou superiores a 126 mg / dL após 2 exames de sangue;
  •  Quando os valores forem acima de 200 mg / dL em qualquer situação, após refeição, após comer doce ou carboidratos.

Sintomas de diabetes

Quando os níveis de glicose estão acima dos limites normais, alguns sintomas podem ser observados entre eles estão:

  • Cansaço Físico
  • Sede intensa
  • Urinar excessivamente
  • Visão turva

Em muitos casos a diabetes pode não mostrar nenhum sintoma, fazendo assim como que pessoa procure um tratamento darde demais, então caso esteja no grupo de risco é ideal fazer um exame periódico.

 

Como parar de roncar: Porque as pessoas Roncam (Descubra Aqui)

Antigamente considerado algo normal, o ronco pode se sinal de vários problemas de saúde que devem ser tratados, não somente para uma melhor qualidade do sono como também para uma melhor qualidade de vida. Descubra porque as pessoas roncam e veja os melhores métodos de como parar de roncar de uma vez por todas.

Só que passa por isso ou tem alguém próximo que tem esse problema sabe o quanto pode ser constrangedor e até irritante, já que o ronco é um som alto que é produzido pela garganta enquanto dormimos. Como consequência as noites não são tão bem aproveitadas por acordar muitas vezes se engasgando com o roncos estrondosos durante a madrugada.

Porque as pessoas roncam

São diversos os fatores que podem estar causando o ronco, mas os principais incluem obesidade, comer demais antes de dormir, apneia do sono, dormir de barriga para cima, o ato de fumar e tomar bebida alcoólica.

O que acontece é que as vias respiratórias e as vias nasais ficam mais estreitas o que acaba dificultando a passagem de ar, em muitos casos pode até causar a apneia do sono, que é quando o corpo fica sem respirar por cerca de 1 a 2 minutos.

Isso faz qua a pessoa que ronca tenha uma má qualidade de sono durante a noite, causando mais um sintoma que é o bocejar durante o dia.

como parar de roncar

Como parar de roncar

Alguns métodos podem ser adotados pelos roncadores de plantão por ai para acabar de vez ou pelo menos minimizar seu problema, em casos mais simples basta uma mudança de hábito, mas também existem os casos em que somente um cirurgia poderá resolver de vez o problema.

Perca peso

Pessoas obesas tem uma maior quantidade de gordura na região da garganta, isso faz com que as vias respiratórias fique ainda mais estreitas, portando se estiver como excesso de peso de nada vai adiantar seguir qualquer dica, esse pode ser o melhor tratamento para o ronco.

Mude a posição que dorme

Quando deitamos de barriga para cima os tecidos moles tendem a ir para a parte traseira da garganta dificultando a passagem de ar. Nesse caso dormir de lado pode ser a solução para tirar todo esse peso sobre a garganta.

Outros hábitos que também podem ser adotados é evitar bebida alcoólica, trocar travesseiros, evite dormir tarde demais, e usar dilatador nasal.

Caso tenha mais sugestões que possam enriquecer nosso  artigo com dicas de como parar de roncar, adicione nos comentários abaixo.

E não se esqueça de curtir e compartilhar com pessoas que também sofrem desse grave problema de saúde.

Como saber se tenho problema na tireoide – Como fazer Autoexame em 3 passos

Muitas pessoas se confundem na hora de procurar saber mais a respeito da tireoide, bom para começar todos temos a tireoide e não apenas as pessoas que tem problema nela, então supondo que quando você entrou em nosso portal com a questão “como saber se tenho tireoide” na verdade quer saber se tem algum problema na sua tireoide.

Quando se trata de saúde, cuidados nunca são demais, e caso tenha dúvidas se sofre de algum problema da tireoide saber como fazer o autoexame da tireoide pode ajudar a descobrir uma possível doença, é muito fácil de fazer e exigem passos simples.

Como saber se tenho tireoide
Como saber se tenho tireoide (Foto – Divulgação)

Como fazer o autoexame da tireoide

Para a realização do autoexame será necessário ter em mãos um espelho e um como com água.

Como fazer:

Segure o espelho de frente para você e localize a posição logo abaixo do gogó (Pombo de Adão) ali está localizada sua tireoide.

Incline a cabeça um pouco para trás e olhando pelo espelho para a região onde se encontra sua tireoide, beba um gole de água. O ato de engolir fará sua tireoide subir e descer, Caso não note qualquer nódulo sua tireoide estára funcionando normalmente, se por ventura observar qualquer nódulo ou algum efeito de deslocamento (protrusão) procure seu médico para exames mais detalhados.

Cuidado para não se enganar, lembre-se de que sua tireoide está localizada logo abaixo do gogó, não vá pensar que ele é uma saliência ou nódulo.

 

Existem dois problemas que geralmente são causados em uma tireoide que não está em seu funcionamento normal, São eles o hipertireoidismo e o hipotireoidismo, apesar de ter nomes bem parecidos seus sintomas são totalmente o contrário um do outro.

Hipertireoidismo (também conhecida como tireoide que emagrece)

A tireoide é responsável pela produção de dois hormônios que são a T3 (triiodotironina) e T4 (tiroxina), que quando são produzidos em excesso pode causar essa condição conhecida como hipertireoidismo.

Com a produção dos hormônios em excesso, tudo em nosso corpo também começa a funcionar de forma acelerada, é como se fosse um carro com excesso de combustível mais que não engasga. O coração bate mais rápido, o intestino fica solto, a pessoa se sente como se tivesse com muita energia, fala muito, gesticula demais, não fica parada, dorme pouco e tem dificuldade em ganhar peso.

Hipotireoidismo (tireoide que engorda)

Já no hipotireoidismo tudo conheça a funcionar mais devagar com uma escassa produção de hormônios, e os sintomas são inversos ao do hipertireoidismo, o coração bate mais devagar, a pessoa sente cansaço constante, dorme demais, há um ganho de peso, sonolência, dificuldade em memorizar e dores musculares.

Caso tenha algum amigo ou pessoa próxima que suspeite de um possível problema da tireoide, compartilhe esse artigo com ele, para que el possa fazer a realização do autoexame.

Pontadas na cabeça lado esquerdo ou direito: O que pode Ser

Além de ser muito incômodo e dolorido, as pontadas na cabeça podem ser sintomas de problemas que podem variar do mais simples até o mais avançado, portanto é essencial estar sempre atento aos sintomas, e caso seja necessário procurar um médico ele já será prontamente notificado e assim poderá agir rapidamente.

Antes mesmo que você comece a ler esse artigo é necessário primeiramente refazer sua análise para se certificar de que realmente se trata de pontadas na cabeça, porque se for dor de cabeça os possíveis problemas apontados aqui poderão não ser realmente o que você está passando, causando preocupação desnecessária.

pontadas na cabeça

Pontadas na cabeça – O que pode ser

Causas simples que podem gerar esse problema podem ser a exposição prolongada ao sol, fome, e até desidratação, nesses casos basta acabar com o fator gerador do problema e sua dor passará.

Agora se esses sintomas foram descartados é hora de começar a pensar em procurar um médico, pois só ele poderá diagnosticar e descobrir qual a verdadeira causa das pontadas na cabeça, com exames mais precisos.

Evite tomar qualquer tipo de medicamento antes de consultar seu médico, pois ao tomar medicamentos poderá ocultar sintomas que podem ser vitais na sua identificação. Outros possíveis problemas que podem estar por trás desse sintoma e que podem ser mais graves são:

Enxaqueca

A enxaqueca é caracterizada por pontadas muito intensas na cabeça, podendo causar visão embaçada, vômitos e sensibilidade a luz, Ela pode durar desde algumas horas até 3 dias.

Sua dor latejante nem sempre aparece no mesmo lugar da cabeça, ela pode surgir com pontada na cabeça lado direito,  pontada na cabeça lado esquerdo e outras vezes no centro da cabeça.

Dentre os fatores que podem desencadear essa dor estão a menstruação, fome prolongada, passar e por fortes emoções.

Cefaleia tensional

Essa dor que também pode ser latejante, é causada por causa de tensão dos músculos que se encontram próximos da como ombro, pescoço couro e cabeludo.

Assim como a enxaqueca, sua dor pode vir de vários lados, uma hora nuca, outra hora testa, para evitar de sofrer com esse problema evite ficar sentado na mesma posição por muito tempo com uma má postura, e também evite ansiedade ou estresse.

Menopausa

Nessa fase da vida, a mulher passa por um período onde ela deixa de menstruar, conhecido como menopausa, não há uma idade específica para isso acontecer, e um dos sintomas que surgem nessa transição são as pontadas na cabeça, e esse fato acontece por causa das alterações hormonais que ocorrem nessa época

Aneurisma cerebral

Geralmente esse problema ocorre em partes onde as veias fazem uma bifurcação, caso essa bifurcação esteja frágil pode acontecer de haver uma dilatação da veia, uma protuberância, e quando isso ocorre no cérebro é conhecida como aneurisma cerebral. O perigo mair nesses casos é acontecer dessa dilatação estourar causando derrame cerebral.

Sintomas como dores na nuca, vômitos e convulsão também podem ser notados.

Somente o médico poderá dizer com precisão qual pode ser a verdadeira causa de suas dores, então não há motivos para ficar se preocupando demais com os possíveis sintomas acima, tudo pode não passar de uma simples desidratação ou fome.

Nossas dicas citadas aqui são meramente informativas, portanto reforçamos que procure orientação médica para poder tratar sua dor da forma mais adequada.

Como fazer banho de assento: 4 Maneiras Fáceis

Uma dica simples mas que pode trazer imensos benefícios quando o assunto é dor relacionada a hemorroidas, fissuras, desconforto ou infecção vaginal é o banho de assento, e para poder obter todas a vantagens que ele pode trazer primeiramente é necessário aprender a como fazer banho de assento.

Quem diria que com uma dica simples assim é possível acelerar o tratamento e até mesmo cicatrização simplesmente fazendo um banho de assento, muitos podem não se lembrar mas nos tempos dos pais de nossos pais era muito comum fazer esse tipo de tratamento caseiro que além de curar trazia benefícios incríveis como o relaxamento.

como fazer banho de assento

O que é e quando fazer o banho de assento

Seu principal objetivo é ajudar a aliviar dores e desconfortos na região intima seja ela de qualquer motivo, geralmente é feito com água morna o suficiente para que não queime a pele e com alguma substância antisséptica.

Esse banho de imersão da região intima com o auxilia da água morna proporciona uma maior circulação sanguínea naquela região e pode ser usado para tratar os seguintes problemas:

  • Infecção Vaginal
  • Fissuras na região traseira
  • Hemorriodas
  • Prostatite
  • Corrimento
  • Herpes
  • Candidíase
  • Vaginíase
  • Infecção urinária
  • Após parto normal

Complementos indicados por seu médico também podem ser usados juntamente com o banho de assento para acelerar ainda mais a cura de seu problema.

Antes de realizar essa tarefa é ideal que se saiba quais ingredientes devem ser adicionados juntamente com o banho de assento, já que alguns problemas são curados com água mais ácidas e já outros apenas com água neutra.

Como fazer banho de assento

Para que seja realizado o banho de assento é ideal ter em casa um bacia que caiba sua região intima quando sentar sobre ele, coxas, pernas e pés devem ficar de fora, assim também como seu tronco.

Antes de colocar água morna na bacia certifique-se de que a mesma se encontra limpa, caso tenha dúvidas recomendamos a lavagem com água e sabão e após passar um pano com álcool.

Como fazer banho de assento para fissura

Para esse banho de assento não é necessário qualquer outro ingrediente, utilizando apenas a bacia com água morna o suficiente para cobrir suas partes intimas, cerca de 10 minutos já será o suficiente para aliviar a dor, ele pode ser repetido várias vezes ao dia, ele age relaxando a musculatura naquela região, facilitando assim a evacuação e auxiliando na cicatrização.

Como fazer banho de assento para candidíase com bicarbonato

Basta uma colher por cada litro de água que utilizar e essa mistura acabará de vez com várias doenças infecciosas que podem estar causando a candidíase, sua principal função é diminuir o PH da água e de sua região intima, tornado assim um ambiente onde a infecção simplesmente não sobrevive.

Como fazer banho de assento com vinagre

Caso perceba algum tipo de corrimento ou infecção de urina, faça um banho de assento com vinagre, a acidez do vinagre agirá corrigindo todas essas enfermidades

Como fazer banho de assento para hemorroida com barbatimão

Para quem não conhece o barbatimão é uma poderosa planta medicinal que auxilia no tratamento de diversas doenças como hemorroidas, queimaduras e combate também o vírus HPV causador de verrugas nas partes íntimas.

Para utilizar no banho de assento faça um chá com suas folhas, adicione cerca de 2 colheres para cada litro de água que colocar no banho de assento. Além do banho de assento pode ser feito também uma simples lavagem com o chá na região afetada.

Caso tenha mais dúvidas sobre como fazer banho de assento deixe suas dúvidas nos comentários. E não se esqueça de curtir e compartilhar com seus amigos.

 

7 Maneiras do que fazer para desinchar em 1 dia

Se hoje você acordou com a sensação de estar inchado, mas não sabe o que pode estar causando essa retenção de líquido, continue lendo o artigo abaixo e descubra quais práticas de seu dia a dia podem estar causando esse problema e descubra o que fazer para desinchar de forma bastante rápida.

Antes de iniciarmos com as dicas do que fazer para acabar de vez com o inchaço, é necessário  descobrir quais podem estar sendo suas causas, que tipo de alimentação você pode estar ingerindo que possa estar causando isso.

Como fazer para desinchar

Já passou por aquela situação de acordar de manhã e ter a sensação de que engordou 2 quilos apenas dormindo? Pois é isso pode ser consequência da alimentação que foi ingerida no dia anterior, ou até no mesmo dia.

Uma alimentação rica em carboidratos, açucares, álcool, sal ou qualquer alimento que seu corpo tenha intolerância podem estar sendo alguns dos causadores dessa sensação de ter ganhado alguns quilinhos a mais, sensação de inchaço.

Uma das situações em que isso pode ocorrer por exemplo é nas festas de final de ano. Com o Natal, o ano novo e os aniversários vem o churrasco regado de bebida e carne salgada como consequência há um maior ganho de inchaço no corpo.

Se essa for sua situação e deseja acabar de vez com esse problema na barriga, veja nossas dicas de o que fazer para desinchar em apenas 1 dia.

o que fazer para desinchar

O que fazer para desinchar

Alguns hábitos simples que deverão fazer parte de sua rotina já serão o suficiente para resolver seu problema, siga as dicas e nunca mais fique na dúvida sobre o que fazer para desinchar.

1 – Hidrate-se

Exatamente, beber mais água ajudará seu corpo eliminar mais rapidamente os causadores do inchaço e também ajudará seu corpo a se manter hidratado, beber mais água também expulsa de seu organismo o depósito de água que o corpo armazena para evitar desidratação.

É ideal a ingestão de 2 a 3 litros de água por dia, só de adotar essa medida já notará um diferença significativa na diminuição do inchaço, além de ter uma pele e cabelo mais bonitos, hidratar-se é fundamental.

2 – Diminua o consumo de Sal e  Sódio

Sabe aquela mania que temos de sempre colocar mais uma pitadinha de sal na comida, pois é isso pode estar causando um tremendo inchaço em sua barriga já que o sal é um dos principais causadores de inchaço, isso ocorre devido o fato do sal reter muito líquido, fazendo com que a barriga fique muito mais inchada .

A melhor forma de evitar um alto consumo de sal é se policiar, sempre preste atenção a quantidade de sal colocada em temperos, saladas e comida, o ideal é que não se ultrapasse 4 a 6 gramas por dia.

Além disso, fique de olho nas embalagens de produtos industrializados, sempre confira se a quantidade de sódio é ideal, veja se não vai ultrapassar a quantidade de sódio que se deve ingerir por dia que é de 2,3 g por dia, isso no caso de pessoas saudáveis. Pessoas com hipertensão devem consumir pelo menos metade disso.

Saiba que além da retenção de líquidos o sal também é causador de doenças como hipertensão, problemas nos rins e envelhecimento, o sal é um grande inimigo da saúde.

3 – Coma devagar e mastigue bem os alimentos

Há pessoas que tem um mal hábito de mastigar 1 ou 2 vezes a comida e já engolir, pode não parecer mas esse pode ser mais um dos motivos que podem estar causando seu problema.

No processo de comer e rapidamente e mastigar pouco os alimentos você acabará ingerindo uma quantidade considerável de ar, esse ar no estômago causará uma sensação de inchaço e também atrapalhará na digestão deixando ela muito lenta.

Outra coisa que também pode estar causando uma grande ingestão de ar para o estômago é o ato de mastigar chiclete, ele terá o mesmo efeito que comer muito rápido, então é ideal evitar.

4 – Exercite-se

Essa dica serve principalmente para aquelas pessoas que passam muito tempo sentadas, seja por causa do trabalho ou outro motivo.

Procure se levantar em intervalos de tempo, faça uma caminhada em seu tempo livre, inscreva-se em uma academia. Exercícios físicos vão estimular a circulação no corpo, o importante é não ficar parado.

5 – Consuma quantidade suficiente de fibras

Esta dica serve também para pessoas que sofrem de prisão de ventre, a fibra é um dos aliados no combate do inchaço pois ela promove uma boa digestão e ainda regula a flora intestinal. Os alimentos ricos em fibras podem ser encontrados em vegetais, frutas verduras e cereais, como arroz, feijão e frutas secas.

6 – Elimine o consumo de frituras

Qualquer tipo de fritura, livre-se de todas, se você quer saber o que fazer para desinchar, essa é uma das principais dicas a se levar em consideração.

Além de causar inchaço, os alimentos fritos vem carregado com grandes quantidades de sódio e gordura, o que facilita a retenção de líquidos e ainda ajuda a engordar.

7 – Evite alimentos que você tenha intolerância

Existem pessoas que tem intolerância a certos tipos de alimentos como por exemplo o leite, se este for seu caso saiba quais alimentos que seu corpo costuma rejeitar quando come e tire-os de sua dieta.

Como podem ver são dicas simples mas que com certeza se seguidas a risca farão uma grande diferença na hora de perder aquele inchaço que está causando desconforto.

Agora que já conhece nossas dicas sobre o que fazer para desinchar, alimente ainda mais esse conteúdo e coloque nos comentários as dicas que vocês utilizam para desinchar de vez.

Dente Siso Inflamado: O que fazer e como Lidar com isso em 5 Passos

A maioria das pessoas terão o dente siso inflamado em uma certa idade, veja o porquê isso acontece e saiba o que fazer para acabar com esse sofrimento.

Antigamente usado para mastigar alimentos mais duros e crus o dente siso ao longo dos séculos veio perdendo cada vez mais sua utilidade por causa de uma dieta cada vez mais pastosa, ficando assim sem espaço na arcada dentária.

Ele costuma surgir na adolescência por volta dos 16 aos 20 anos, sendo os últimos molares a nascerem, esses terceiros molares também conhecidos como dente do juízo ou dente queiro, podem se tornar muito incômodos.

Isso ocorre porquê ele já não tem mais utilidade na arcada dentária, sempre nascem tortos e sem espaço, e a medida que nascem vão empurrando os dentes da frente causando um apinhamento, deixando os dentes da frente encavalados, tortos ou deixando um em cima do outro.

dente siso inflamado

Dente siso inflamado: Sintomas

Quando está emergindo ou nascendo, o dente siso vai empurrando a gengiva que está ao seu redor, e as vezes a gengiva acaba ficando sobre ele.

Como o siso já tem uma certa dificuldade na limpeza por ser lá no fundo da boca, essa gengiva que fica sobre ele atrapalha ainda mais sua higienização, ficando restos de comida depositados nele, oque ao longo do tempo causa a infecção.

dente siso inflamado

Para descobrir se realmente seu dente siso está inflamado é ideal conhecer os sintomas clássicos que aparecem para assim poder combater a dor e a infecção.

Conheça seus sintomas:

  • Gengiva inchada e avermelhada
  • Mal hálito, causado pelo sangramento e pus na região infeccionada, geralmente com gosto metálico
  • Dificuldade para mastigar, abrir a boca e até mesmo engolir
  • Febre, que indica um sinal que o organismo está combatendo uma infecção, geralmente acima dos 38 graus.

Tratamentos caseiros para dente siso inflamado

Salmoura: Esse tratamento caseiro consiste simplesmente em fazer gargarejos com água salgada, basta colocar um pouco de sal em 1 copo de água morna e gargarejar 3 vezes por dia.

O sal é um antisséptico natural que agirá matando qualquer bactéria que estiver causando a infecção.

Medicamentos que não necessitam de receitas médicas: Alguns remédios livres de receita como o Advil ou Paracetamol que podem ser encontrados em qualquer farmácia, eles ajudarão a se livrar das dores, inflamações e desconfortos causados pelo dente siso inflamado.

Tire suas dúvidas a respeito de reações adversas com o farmacêutico ou dentista caso ache necessário.

Compressa: Caso a dor e inchaço seja intensa e não tenha os remédios a disposição, utilize uma compressa fria para diminuir os sintomas.

Mas saiba que essas soluções caseiras são passageiras, e se achar necessário, procure seu médico urgentemente.

Melhor tratamento para dente siso inflamado

O melhor tratamento ainda é a prevenção, e a forma de fazer isso é simplesmente manter uma boa higienização dos dentes principalmente do siso.

Caso o uso de remédios ou a higienização não funcione, o dentista poderá indicar a extração do dente siso.

Essa matéria não substitui a necessidade de procurar seu dentista, só ele poderá indicar o melhor tratamento para acabar de vez com seu dente siso inflamado.

10 Remédios Caseiros para Curar a Tosse em Casa!

A tosse nada mais é que um mecanismo de defessa natural do corpo, a tosse acontece quando vírus, bactérias, poeiras, pólen ou outras substâncias irritam as terminações nervosas das vias aéreas entre a garganta e os pulmões. A tosse é a maneira do corpo de tentar limpar as passagens de ar para que possamos continuar respirando.

A tosse também pode ser causada por uma infecção viral, resfriado comum, gripe e problemas de tabagismo ou saúde, tais como asma, tuberculose e câncer de pulmão. Existem muitos remédios caseiros para curar tosse em casa, mas é importante saber o que causou tosse em primeiro lugar.

10 Remédios Caseiros para Curar a Tosse em Casa!

Um bloqueio temporário na via aérea, digamos, a partir de partículas de alimentos que entram acidentalmente nas vias respiratórias durante a ingestão, podem fazer você tossir com dificuldade, mas geralmente é resolvido muito rapidamente. As infecções bacterianas e virais da garganta podem iniciar a tosse leve, mas persistente. Combater a infecção é a melhor maneira de resolver esse tipo de tosse.

10 Remédios Caseiros para Curar a Tosse em Casa!

Com a aproximação do frio chega, a ser impossível não ficar resfriado por este motivo é bom ter uma variedade de remédios caseiros para tosse em mãos principalmente para aliviar tosse e irritação na garganta. A maioria destes é adequado para tosse em adultos ou crianças. O mel, os xaropes e o leite com manteiga seriam mais úteis para tosse seca.

Aqui estão alguns remédios caseiros eficazes na redução ou eliminação da tosse. Escolha o método que melhor se adéqua a você, dependendo do tipo de tosse que você tiver.

1- Chá de pimenta e mel

Para uma tosse úmida, você pode tentar fazer um remédio de pimenta preta e mel que é bastante eficaz porque a pimenta estimula circulação e fluxo de muco e o mel é um auxiliar de tosse natural. Em uma caneca com água coloque uma colher de chá de pimenta moída e duas colheres de mel, e deixe ferver por 5 minutos desligue e cubra. Tome alguns golis durante o dia todo.

2-Chá com limão e mel

O limão pode ser usado ​​de diversas maneiras para curar tosse. Os limões têm propriedades que reduzem a inflamação e também fornecem uma dose de vitamina C.

Um xarope de tosse simples pode ser feito combinando duas colheres de sopa de suco de limão e uma colher de sopa de mel. Beba esse xarope saudável várias vezes ao dia. Outra maneira de usar limão é misturar o suco de limão com um pouco de mel e uma pitada de pimenta caiena e depois beber.

3-Chá de Alho

O alho possui componentes antibacterianos e antimicrobianos que ajudam a tratar a tosse.

Ferva dois a três dentes de alho em um copo de água e adicione uma colher de chá de orégano. Deixe esfriar à temperatura ambiente, adicione um pouco de mel e beba. Isso ajudará a sua respiração e aliviará outros sintomas casados pela tosse. Outra opção é você comer um dente de alho esmagado misturado com algumas gotas de óleo de cravo e um pouco de mel para aliviar a dor de garganta.

4-Leite quente com mel

O leite quente com mel pode aliviar a tosse seca e reduzir a dor torácica que ocorre devido a tosse contínua. Para obter melhores resultados, beba antes de ir dormir. Para benefícios adicionais das propriedades analgésicas do mel, tomar uma colher de chá de mel com o estômago vazio ajudará a limpar o muco e acalmar sua garganta.

5-Chá de tomilho

Estudos  mostram que o timol, um componente ativo do tomilho, pode reduzir a vontade de tossir. Os flavonóides do tomilho relaxam os músculos da traqueai, e também reduzem a inflamação e as dores de cabeça. Para fazer um chá caseiro de tomilho, misture 2 colheres de chá de folhas em 1 xícara de água fervente, cubra, depois deixe descansar por 10 minutos e tome.

6-Xarope caseiro com cebolas e mel

Se você preferir a versão de xarope, para sua tosse forte eu recomendo a cebola. É antisséptico e muito eficaz em caso de bronquite. Para fazer é muito simples, descasque e corte 6 cebolas depois, coloque-os em uma caneca e adicione 4 colheres de sopa de mel ferva em banho maria por 1 hora deixe esfriar e finalize coando. Tome uma colher de sopa de 3 em 3 horas.

7- Sopa com caldo de galinha

E não se esqueça da sopa de caldo de galinha, este ótimo e reconfortante alimento. A virtude da sopa de frango vem em parte da medula óssea. Deve ser caldo de frango, cozido com os ossos.

8-Xarope de mel, limão e gengibre para tosse

Xarope de mel, limão e gengibre para tosse

Quando a estação mais fria se aproxima, não há nada melhor do que começar a preparar essa receita para os males do inverno. Assim, logo que surjir novos sintomas de tosse, eles serão rapidamente derrubados.

Comece cortando o limão em fatias pequenas. Depois, Coloque as fatias em uma jarra adicione o pedaço de gengibre cortado em fatias finas, acrescente 3 ou 4 colheres de sopa de mel. Feche o recipiente deixe na geladeira por 24 horas. Ele ficará parecido com uma geleia sempre que sentir algum incomodo tome uma colher.

9-Humidificação do seu quarto

Para reduzir a tosse à noite, verifique se o ar do seu quarto está úmido. Preste atenção ao aquecimento, quando a temperatura ambiente é muito alta, o ar fica mais seco. Para configurar tornar o ar do seu quarto mais úmido, instale um umidificador ou coloque uma toalha úmida, perto da sua cama.

10-Xarope caseiro para Tosse Seca

Se sua tosse estiver acompanhada com catarro o chá de canela em pau quando combinado com outros ingredientes como cravo-da-índia, limão e mel, é um xarope potente porque ele ajuda a eliminar as secreções.

Coloque em um bule 1 pau de canela, 3 cravos-da-índia, 1 rodela de limão e 1/2 litro de água deixe ferver por 5 minutos deixe esfriar depois, coe, adoce com 1 colher de mel e beba 2 xícaras deste chá por dia.

Assadura na virilha – Como tratar, O que fazer

Veja as melhores formas de como tratar assadura na Virilha, livre-se desse mal que pode atingir tanto virilhas masculinas, femininas e de bebês.

Só quem já passou por isso é que entende o quanto incômodo pode ser ficar com assadura, o simples ato de sentar ou andar pode ser tornar algo extremamente doloroso. Mas antes de mostrarmos os melhores remédios caseiros e tratamentos, descubra um pouco mais sobre esse problema e saiba porquê ocorre a assadura na virilha.

Assadura na virilha

Pessoas que trabalham em locais muito quentes e úmidos ou mesmo em dias muito quentes e pessoas gordas  tem uma maior probabilidade de ficar com a virilha assada. Ela pode surgir em qualquer parte do corpo, basta haver atrito entre a pele, como é o caso do bumbum e coxas.

Alguns dos principais sintomas da assadura que se nota de início são pele avermelhada dolorida, sensível e inflamada, caso tenha notado esses sintomas é hora de iniciar um tratamento.

Assaduras em bebes

O causador da assadura na virilha ou bumbum do bebê é diferente do adulto, nos bebês a assadura ocorre por causa do contato prolongado da pele com fezes e urina, claro que isso é resultado do uso da frauda que é uma boa forma de evitar sujeira, mas acaba causando esse problema nos bebês. Se não tratado adequadamente pode piorar para infecções por bactérias e fungos.

Assadura em bebês

Sintomas de Assadura na Virilha

São três fatores principais que podem causar assadura que é o atrito entre a pele – (geralmente comum em pessoas obesas) fungos e bactérias, mas independente da causa, os sintomas são praticamente os mesmos.

Pessoas que sofreram ou sofrem de assaduras na virilha relataram sintomas como vermelhidão, muita dor, irritação onde a pele ficou assada, ulceração e inchaço.

Assadura na virilha – Tratamento

Agora que já descobriu tudo que pode causar a assadura é hora de aprender as melhores formas de como tratar e ficar livre desse mal.

Antes de ver qual a melhor pomada para acabar de vez com o problema veja qual melhor remedio caseiro para assadura em bebe e adultos, caso não tenha dinheiro ou uma farmácia por perto.

Receita caseira

Após tomar banho pegue um pouco de talco, daqueles usados para passar em bebês e passe no local, caso não tenha talco pode usar maisena para assadura que terá o mesmo efeito.

Veja o vídeo demonstrativo

Note que isso serve mais para curar e aliviar a dor que ocorre na assadura causada por atrito entre a pele e não serve para curar de vez seu problema caso seja uma assadura bacteriana ou fungica.

Nas assaduras bacterianas é necessário um acompanhamento médico, só ele poderá recomendar a melhor pomada ou antibiótico.

Remédios para assadura

Se a assadura for causada por atrito entre a pele pode ser usado Hipoglós ou Bepantol, as duas são bastante populares e eficazes, é só passar e problema resolvido.

Conheça mais algumas utilidades do Hipoglós

Já para casos em que for constatado que o agente causador é um fungo é ideal que se passe o Vodol, que é um poderoso antifúngico. Outro medicamento bastante popular mas não menos eficiente é o Cetaconazol que assim como o vodol ele age atacando diretamente o fungo eliminando assim sua assadura. O cetaconazol deve ser tomando apenas se prescrito por seu médico.

assadura na virilha

Veja mais dicas de como tratar a assadura nesse vídeo bastante detalhado

Assadura na Virilha – Como prevenir

Algumas ações básicas que podemos tomar no dia a dia são ótimas formas de evitar antes que aconteça, são válidas tanto para adultos como também crianças.

  • Evite deixar o bebê com a frauda suja por muito tempo
  • Beba pelo menos 2 litros de água por dia
  • Após tomar banho evite colocar suas roupas com o corpo ainda molhado.
  • Ceder algumas horas do seu dia para tomar sol
  • De preferência para frauda de pano e evite lenço umedecido.
  • Utilize sabonete neutro

Com as dicas acima ficou muito mais fácil tratar seu problema e acabar de vez com todo desconforto que possa causar.

Fique atento e descubra rápido qual é seu tipo de assadura, se for causada por fungos é ideal procurar assistência médica especializada para que ele possa indicar os melhores medicamentos.

Tem mais dicas caseiras para nos ensinar a como tratar assaduras na virilha? Se tiver compartilhe conosco nos comentários